Webmail
E-mail:
Senha:
Siga-nos
Redes sociais
Fone: (55)3233 1796
Plantão: 99986 3660
Untitled Document
Conheça Pacto Brutal, documentário sobre o assassinato de Daniella Perez

Por Jonathan Firmino, para o TechTudo

07/11/2022 14h53  Atualizado há 3 dias

Conheça Pacto Brutal, documentário sobre o assassinato de Daniella PerezDivulgação/HBO Max

A série documental Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez foi lançada em julho deste ano pela HBO Max. A produção nacional de true crime narra em cinco capítulos toda a trajetória do crime, indo desde o antepassado da vítima e dos criminosos até o julgamento. A morte do pastor evangélico e ex-ator Guilherme de Pádua, conhecido nacionalmente como assassino de Daniella Perez (1970-1992), neste domingo (6) fez ressurgir o interesse do público pela produção.

Uma semana após seu lançamento, Pacto Brutal tornou-se a série original mais assistida da HBO Max, ultrapassando até mesmo produções internacionais da plataforma. A obra tem nota de 8,6 no IMDb, graças a avaliação de 1.124 usuários do site. Confira a seguir mais informações sobre a série, personalidades entrevistadas e informações sobre o caso.

A atriz Daniela Perez na gravação da novela De Corpo e Alma, onde era protagonista. Guilherme de Pádua era seu colega de elenco — Foto: Reprodução/IMDb

A atriz Daniela Perez na gravação da novela De Corpo e Alma, onde era protagonista. Guilherme de Pádua era seu colega de elenco — Foto: Reprodução/IMDb

📝 Como rodar serviços de streaming em um PC antigo? Saiba no Fórum do TechTudo

 

O caso Daniella Perez

 

Em dezembro de 1992, a atriz e bailarina Daniella Perez tinha 22 anos e era uma das protagonistas da novela De Corpo e Alma, novela da Rede Globo de autoria da sua mãe, Glória Perez. Na trama, a atriz dava vida à jovem Yasmim Bianchi, que tinha um romance com Bira, interpretado por Guilherme de Pádua. Nos bastidores, o ator estava insatisfeito com os rumos do seu personagem, cada vez menos frequente na novela, e numa atitude premeditada, raptou e matou Daniella a punhaladas em uma emboscada auxiliada pela mulher, Paula Thomaz.

Ambos os criminosos foram condenados a 19 anos de prisão em regime fechado, por homicídio qualificado ocasionado por motivo torpe e sem chance de defesa à vitima. No entanto, cumpriram penas reduzidas devido ao bom comportamento. O crime chocou a opinião pública brasileira, que naquele ano era o assunto mais comentado na imprensa desde o impeachment do ex-presidente Fernando Collor. O caso completa três décadas no próximo dia 28 de dezembro.

Glória Perez, autora de telenovelas e mãe da atriz Daniella Perez, em entrevista para a série documental — Foto: Reprodução/IMDb

Glória Perez, autora de telenovelas e mãe da atriz Daniella Perez, em entrevista para a série documental — Foto: Reprodução/IMDb

 

Conteúdo da série

 

Pacto Brutal é uma produção original da HBO Max dirigida por Guto Barra e Tatiana Issa (ambos de Ludmilla: Rainha da Favela, da Globoplay). Cada um dos cinco capítulos, com média de 60 minutos, esclarece questões importantes relacionadas do caso, como o que ocorreu no dia do crime, a descoberta dos culpados, a investigação proativa de Glória Perez, a vida pregressa de Guilherme de Pádua e Paula Thomaz e detalhes do julgamento.

Sendo a mãe da vítima, Glória Perez é a entrevistada de maior presença na série e a fonte de fotos e documentos pessoais utilizados na produção. Um dos conteúdos usados que gerou controvérsia foram as fotos do corpo da atriz, perfurado por punhaladas desferidas por Guilherme de Pádua e abandonado em um matagal na Barra da Tijuca. De acordo com Tatiana, a ordem veio de Glória Perez, que queria que o público tivesse a percepção da gravidade do crime.

Outro entrevistado importante para a série é o ator Raul Gazolla, viúvo da atriz. Durante as buscas pelo corpo de Daniella, Raul chegou a ter um encontro com Guilherme na delegacia onde estava sendo investigado o crime, sem saber que o colega da ex-esposa havia cometido o assassinato. Raul chegou a se emocionar durante as entrevistas da série, ao relembrar momentos familiares com Daniella e a investigação do crime.

O ator Raul Gazolla e Daniella Perez, em uma fotografia de família. O ator chegou a se encontrar com o assassino Guilherme de Pádua antes da confirmação da autoria do crime — Foto: Reprodução/IMDb

O ator Raul Gazolla e Daniella Perez, em uma fotografia de família. O ator chegou a se encontrar com o assassino Guilherme de Pádua antes da confirmação da autoria do crime — Foto: Reprodução/IMDb

Na série, foram também ouvidos os promotores do caso, José Muiños Piñeiro Filho e Maurício Assayag; os atores Maurício Mattar, Fábio Assunção, Eri Johnson, Cláudia Raia, Marieta Severo, Cristiana Oliveira, entre outros; o cantor Roberto Carlos, amigo de Glória Perez; o diretor Wolf Maia; a jornalista Glória Maria; além de familiares, médicos, jornalistas e demais especialistas ouvidos no julgamento.

Contudo, Guilherme de Pádua e sua ex-exposa, Paula Thomaz (hoje Paula Nogueira Peixoto) não foram entrevistados na produção da série. Outro requisito exigido por Glória Perez é que os dois não fossem ouvidos, sob a alegação de que eles poderiam dar versões conflitantes e já desmascaradas pela polícia a respeito do assassinato.

 

Confira do trailer de Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez

 

Com informações de HBO Max e IMDb.





Rua Antão Faria, 1010
Fone: (55) 3233-1796/3515
Plantão: 99986-3660
São Sepé-RS CEP: 97340-000
PlugNet - Internet Banda Larga em São Sepé - RS